Comunicado - COVID-19

Cumprindo as novas medidas governamentais para o plano de desconfinamento em Portugal, a partir de 21 de Abril de 2022.

A bilheteira funciona no seu horário normal, com os grupos a poderem levar a capacidade normal observando as indispensáveis medidas de salvaguarda das condições de segurança, de acordo com as diretivas das autoridades sanitárias no âmbito da prevenção da COVID-19.

O restaurante está aberto diariamente, cumprindo todas as regras da DGS das 12h00 às 16h00 para serviço de almoço e das 19h00 às 22h00 para serviço de jantar, apenas por marcação.

As Casas da Gruta estão a funcionar normalmente.

Esta nova fase, em que a necessária retoma gradual das atividades económicas terá que conviver com a pandemia, implica mudanças comportamentais e alterações profundas no quotidiano de todos, tanto a nível pessoal, como profissional. Neste sentido, para garantir a proteção e a segurança de todos os que frequentam o património administrado pelas Grutas de Mira de Aire, os processos de trabalho e as condições de acesso aos espaços foram revistos, estando em implementação as seguintes medidas:

1. Durante a visita, recomendamos a utilização de máscara de proteção a partir dos 10 anos.

2. Grupos com capacidade: 45 pessoas.

3. Os pagamentos deverão ser feitos preferencialmente com cartões bancários evitando-se ao máximo pagamentos em numerário.

4. Sinalização da necessidade de respeito da distância mínima de segurança.

6. Reforço da frequência da higienização e desinfeção sistemática dos espaços, com especial incidência nas áreas de maior fluxo de visitantes (como balcões de atendimento, cafetarias, instalações sanitárias, etc.)

A Grutas de Mira de Aire, SA aderiu à iniciativa do Turismo de Portugal e obteve o selo “Clean and Safe”, comprometendo-se a seguir um protocolo interno, orientado pelas recomendações da Direcção-Geral de Saúde, que garante a aplicação de procedimentos seguros para a redução do risco de contágio por COVID-19 no funcionamento das atividades turísticas.

A empresa mantém-se atenta à evolução da COVID-19 em Portugal e às recomendações das autoridades de saúde nacionais, que são acompanhadas em permanência, de forma a ir ajustando as medidas em função das diferentes necessidades que as circunstâncias forem determinando.
 
A adaptação à nova normalidade que a pandemia impõe é um processo exigente, mas absolutamente necessário para salvaguardar a saúde de todos. Agradecemos a sua compreensão e contamos com a sua colaboração para superar este desafio.